gray concrete building during sunset

Shi-yan, quando desejava falar com seu mestre, sempre dizia para si mesmo: “Mestre!”E respondia para si mesmo: “Sim?”Então ele mesmo continuava: “Fique atento!”E ele respondia: “Sim, mestre!”“E, além disso”, ele completava, “não se deixe iludir pelos outros!”“Sim, sim, meu Mestre!”, ele afirmava para si.

Um praticante foi até o seu professor de meditação, tristemente, e disse: “Minha prática de meditação é horrível! Ou eu fico distraído, ou minhas pernas doem muito, ou eu constantemente fico com sono. É simplesmente horrível!” “Isso passará”, o professor disse suavemente. Uma semana depois, o estudante retornou ao seu professor, eufórico: “Minha prática de meditação é maravilhosa! Eu sinto-me tão consciente, tão pacífico, tão relaxado, tão vivo! É simplesmente maravilhoso! ”O mestre disse tranquilamente:“Isso também passará”.

Conscienciosidade de pensamento: a técnica preciosa. A principal causa de estresse para a maioria das pessoas decorre da ansiedade e das preocupações que elas mesmas geram; e, como o corpo reage igualmente a imagens mentais e sensoriais, aprender a monitorar e separar os pensamentos é um importante passo em direção à paz interior. Há uma técnica muito interessante, originária de uma tribo africana, que nos ensina sobre conscienciosidade de pensamento: Desde pequenas as crianças dessa tribo são treinadas de modo que estejam conscienciosas de seu pensamento. Se um indivíduo toma consciência de um pensamento pressagioso do tipo: “Oh não, e se houver um leão escondido atrás daquela árvore pronto para me devorar?”, ele aprende primeiro a reconhecer e depois abandonar o pensamento, admitindo para si: “Essa é uma história que não precisa acontecer!” Essa técnica não é para se livrar de pensamentos negativos nem se refere ao poder do pensamento…

Read more

pagoda in gray scale shot

Um orgulhoso guerreiro, chamado Nobushige, foi até o Mestre Hakuin, e perguntou-lhe: — Se existe um paraíso e um inferno, onde estão? — Quem é você? — perguntou Hakuin. — Eu sou um samurai! — o guerreiro exclamou. — Você? Um guerreiro? — riu-se Hakuin. — Que espécie de governante teria tal guarda? Sua aparência é a de um mendigo! Nobushige ficou tão raivoso que começou a desembainhar sua espada, mas Hakuin continuou: — Então, você tem uma espada! Sua arma provavelmente está tão cega que não cortará minha cabeça… O samurai desembainhou a espada e avançou pronto para matar, gritando de ódio. Neste momento, Hakuin anunciou: — Acaba de se abrir o Portal do Inferno! Ao ouvir estas palavras, e percebendo a sabedoria do Mestre, o samurai embainhou sua espada, e fez-lhe uma profunda reverência. — Acaba de se abrir o Portal do Paraíso — disse suavemente o Mestre…

Read more

Um dos monges do mosteiro cometeu uma falta grave, e chamaram o ermitão mais sábio para que pudesse julgá-la. O ermitão se recusou, mas insistiram tanto que ele terminou por ir. Antes, porém, pegou um balde e furou-o em várias partes; Depois, encheu-o de areia e encaminhou-se para o mosteiro. O superior, ao vê-lo entrar, perguntou o que era aquilo. – Vim julgar meu próximo, disse o ermitão. Meus pecados estão escorrendo detrás de mim, como a areia escorre deste balde. Mas, como não olho para trás e não me dou conta dos meus próprios pecados, fui chamado para julgar meu próximo! … E os monges desistiram da punição.

5/5