Ser líder de si.
Ser responsável por tomar decisões assertivas.
Fazer o gerenciamento de si mesmo.

Cuidar da própria vida de forma profissional.

Quem é o CEO da sua empresa pessoal, do seu projeto de vida?

Ser produtivo e ter atitudes práticas no dia a dia requer clareza dos objetivos, dos limites, dos sentimentos.
Isso tudo e mais um tanto compõem o gerenciamento de si diante da vida e suas mais diversas circunstâncias.

Experimente saber como investir, organizar e administrar – não só a carreira e as finanças – mas, também, relacionamentos e sentimentos, sonhos e atitudes.

Laboratórios



O resumo dos programas pode ser acessado a partir dos links nas imagens.
Para saber as próximas datas para os treinamentos em grupo ou agendar o Lab individual, envie uma mensagem – Daniela / 61 999670686.

Consultoria



Instagram


A minha conexão com a leitura é uma verdade radical da minha alma. Através dos livros aprendo diariamente mais sobre mim e sobre o mundo.
É uma das ferramentas mais poderosas de autoconhecimento.

Esse é o último livro da Brené, certamente ela nem imagina a importância que tem para mim e para o meu trabalho. Sinto como se fôssemos amigas.

A sensibilidade, competência e vulnerabilidade da Brené tem sido importante para a minha vida desde o primeiro livro dela que li.

Sou fã declarada. Acho ela não só inteligente mas também muito humana e divertida.

Na capa deste livro tem escrito: ” Nós somos os criadores dos mapas e os viajantes.” A minha visão de vida e o meu trabalho estão bem alinhados com esse pensamento.

A jornada de existir é uma grande aventura. Envolve tanto de cada um de nós e ao mesmo tempo é uma experiência única e intransferível.

Cabe a nós atualizarmos o mapa, o GPS e as coordenadas internas para aos poucos e com atenção cuidarmos da nossa biografia.


Um dos meus autores favoritos, Steven Pressfield, abriu meus olhos para a ideia de ser profissional na vida.

Uma postura profissional diante da vida convoca a autorresponsabilidade pelas escolhas e direção que a vida está. Não adianta reclamar sem colocar em ação novos passos e tomar uma nova atitude.

“O profissional encara o projeto que vai fazê-lo progredir. Assume o compromisso que vai levá-lo a águas desconhecidas, obrigá-lo a explorar partes de si mesmo das quais ele próprio não tem consciência. O profissional não se distrai em dramas e nem cria problemas para chamar a atenção. Já o amador entrega a energia a conflitos, mágoas, raivas, impaciência, arrogância e a autossabotagem.

Muitas vezes nos esforçamos para sermos profissionais nas nossas carreiras e deixamos a vida particular para o amadorismo, romantismo e ao acaso.

“Deixa a vida me levar”, “Seja o que Deus quiser”, “Viver no automático” – são posturas amadoras, que subestimam sua força e coragem para enfrentar a vida.

O profissional recusa ciclos viciosos, negativismo e falta de conhecimento.”

‘Existe uma vitalidade, uma força de vida, uma energia, um despertar, que é traduzido em ação através de você, e porque só existe um de você em todos os tempos, essa expressão é única.’ – Martha Graham